Como a constelação familiar auxilia na depressão

Por Terapeuta Cadastrado Keyo

COMO A CONSTELAÇÃO FAMILIAR PODE APOIAR PESSOAS COM DEPRESSÃO. Começo esclarecendo que a Constelação Familiar é uma metodologia a serviço da vida. 

E como ela pode apoiar pessoas com depressão? 

A maioria das pessoas que sofrem com essa dor desconhecem a causa do sofrimento, só sente que precisam ou querem morrer. A busca pela morte ou a recusa em usufruir da vida pode ter razões estabelecidas nos vínculos familiares e até nos acontecimentos de gerações anteriores ao depressivo.

Antes de criar a Constelação Familiar, Bert Hellinger trabalhou com uma terapia chamada script. Através dessa terapia as pessoas escolhiam uma história infantil que se identificavam, e o terapeuta trabalhava a partir dessa história. 

Quando trabalhou com a terapia Script o Bert Hellinger percebeu que as pessoas apaixonadas pelo pequeno príncipe eram depressivas ou tinham tendência para a depressão. Ao investigar os acontecimentos com os ancestrais da pessoa ele constatou que a maioria tinha alguém que havia suicidado ou tentado suicídio. Foi também nessa ocasião que o Bert Hellinger confirmou que as pessoas estão vinculadas aos seus ancestrais e aos acontecimentos anteriores. Verificou que esses acontecimentos podem influenciar o comportamento das pessoas nas gerações posterior.

Falei tudo isso para explicar que a Constelação Familiar familiar pode apoiar pessoas com depressão porque é uma metodologia que revela o oculto, ou seja, revela o que está no subconsciente da pessoa e causa o sofrimento e, aponta o caminho de cura.

Enquanto profissional eu tive provas de que a Constelação Familiar pode apoiar pessoas com esse tipo de problemas, inclusive ensinei Constelação Familiar para a primeira turma no ano de 2015 na cidade de Montes Claros MG, a pedido de uma cliente que teve   depressão por mais de dez anos e encontrou a cura em uma Constelação Familiar.  Depois de se curar  ela quis levar essa metodologia  a mais pessoas.

Talvez você está se perguntando, e o que é Constelação Familiar?

É uma terapia breve, que acontece em um único encontro. A pessoa escolhe representante para seus familiares e a partir da observação de como e qual lugar os representantes foram colocados, o profissional  percebe e revela o que estava oculto e também aponta o caminho da cura.

Não existe nenhum pre-requisitos para fazer a terapia, basta a pessoa ter a disponibilidade para a cura e procurar pelo profissional de sua preferência.

Inclusive, se alguém precisa dessa terapia e não dispõe de recursos financeiros eu estou realizando duas Constelação Familiar on line, por semana,  gratuitamente. Basta me enviar uma mensagem no Direct no meu perfil do Instagram @pereiradasilvaelane que agendamos o  atendimento.

Para quem gosta de meditação ou tem restrições quanto  a participar de uma Constelação Familiar,  deixo uma prática meditativa.

PRÁTICA

Você vai precisar de uns 5 minutos.

1) Encontre um lugar onde não possa ficar só por uns 5 minutos. 

2) Respire profundamente, feche seus olhos e diga a si mesmo: – eu tenho a intenção de aceitar a vida. 

3) imagine sua mãe na sua frente distante uns 10 passos. Se não tem a imagem da sua mãe, visualize um facho de luz que a represente.

4) caminhe na direção de sua mãe, a cada passo você diz : mãe!  Imagine que   que a cada passo que dá na direção de sua mãe ela dá outro na sua direção. 

5) quando se aproximar de sua mãe, olhe nos olhos dela e diga: – estou pronto para tomar a vida que meu deu!

6) imagine que você vai abaixando até deitar com a barriga no chão, coloque as suas mãos nos pés de sua mãe. Fique nessa posição por alguns minutos, enquanto isso, diga a si mesmo: – eu escolho a vida.

7) respire profundamente, imagine você se levantando e ao olhar sua mãe diga: –  eu vivo!

Por Elane Pereira Terapeuta holística, Consteladora. Insta: @pereiradasilvaelane